Pinto da Costa: Papa-títulos há 30 anos


O dia 17 de Abril de 1982 marcou em definitivo a história desportiva do FC Porto, após a eleição de Jorge Nuno Pinto da Costa (33º líder portista em 111 anos de existência).

Ao fim de 30 anos na presidência dos dragões, o líder portista engrossou o rol de conquistas do clube, colocando-o, sobretudo o seu futebol, num patamar de gestão desportiva ímpar e reconhecida a nível internacional.
Pinto da Costa, com 18 títulos de campeão nacional em 30 anos, ultrapassou o recorde do espanhol Santiago Bernabéu, mítico presidente do Real Madrid, que venceu 16 campeonatos em 35 anos.
O sucesso de um clube e de uma região tem um só rosto: Pinto da Costa. Em 1982 dá início à primeira conquista internacional em hóquei em patins (Taça das Taças). Cinco anos depois, os azuis-e-brancos chegam a um dos pontos mais altos da sua história, após vencer a Taça dos Campeões Europeus, diante do Bayern de Munique (triunfo por 2-1). Nos últimos dez anos de mandato verificaram-se novas conquistas europeias, com a Liga dos Campeões (2003/2004) e as duas Taças UEFA (2002/03 e 2010/ /2011). Com o mandato mais longo do futebol, o ‘Papa’ (alcunha pela qual é conhecido) é o dirigente mais galardoado do Mundo, com 55 títulos.
Divorciado e pai de dois filhos (Alexandre e Joana), Pinto da Costa, de 74 anos, não conseguiu, à custa da sua exposição pública, manter a sua vida pessoal longe dos media, nomeadamente um relacionamento turbulento com Carolina Salgado. Saiu ainda incólume do processo ‘Apito Dourado’ (entre 2004 e 2006).

PERFIL
Jorge Nuno de Lima Pinto da Costa nasceu no Porto há 74 anos (28/12/1937). Com 19 anos consegue o primeiro emprego no Banco Português do Atlântico e inicia a sua ligação ao FC Porto. Vendeu resinas até dedicar-se a tempo inteiro ao dirigismo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

CONCERTINA ROLAND FR-18

Episódios Dragon Ball Z em Português